Comissão Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais

QUINTAIS 34

Projeto Gênero, Quintais Produtivos e Desenvolvimento Territorial Saudável, Sustentável e Solidário

A parceria FETAEMG, CONTAG e Fiocruz realizou nos dias 17 e 18 de novembro, na cidade de Araponga-MG, o Projeto Gênero, Quintais Produtivos e Desenvolvimento Territorial Saudável, Sustentável e Solidário, iniciativa desenvolvida em 4 estados, cada um em diferentes biomas e regiões do país, sendo estes: o semiárido Piauiense (Nordeste); o Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais (Sudeste); o cerrado em Goiás e Entorno do DF (Centro-oeste) e região das Missões no Rio Grande do Sul (Sul).

A realização das oficinas de produção, de mapas colaborativos nos territórios com georreferenciamento de fatores socioeconômicos e socioambientais, nos locais onde o projeto acontece, que influenciam a reprodução da vida nos territórios abrangendo a compreensão dos diferentes processos de apropriação e usos dos territórios, fazem parte do processo de conhecimento e ação a serem aplicados pelos participantes.

Também é objetivo do projeto promover e valorizar o quintal produtivo agroecológico como um espaço de promoção da saúde e de formas solidárias de geração de renda, protagonizado pelas mulheres do campo, da floresta e das águas, entendendo esse espaço como um potencializador de ações visando o desenvolvimento de territórios saudáveis e solidários.

Alaíde Lucia Bagetto, Marcos Vinícius e Vanderley Antônio Chilese representaram a Diração da Fetaemg, enquanto Juraci Moreira Souto representou a CONTAG, Fabiana Vaz de Melo falou em nome da Fiocruz e a CRESOL esteve representada por Jesus Ermelindo Macedo e João Paulo Dias da Fonseca, além de representantes do poder executivo municipal.

O Projeto é uma iniciativa da Comissão Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais (CNMTR).

A luta continua!

0
0
0
s2sdefault
QUINTA 42

Oficina de Comunicação para Mulheres Trabalhadoras Rurais de MG

Ministrado pelo jornalista e radialista Luiz Henrique Parahyba, a Fetaemg promoveu, em parceria com a CONTAG, nos dias 25 e 26 de setembro, por meio da sua Coordenação de Mulheres Trabalhadoras Rurais, oficina de Comunicação para as Mulheres, em que as coordenadoras regionais participaram para seres estas, as multiplicadoras do conhecimento obtido.

Produções para “rádio comunitária” e seu funcionamento, assim como a elaboração de “Podcast,” que é um programa de rádio que pode ser adaptado para vídeo, podendo ser ouvido ou assistido pela internet a qualquer hora, por meio do celular ou computador, fizeram parte do conteúdo programático da oficina.  

O presidente da Fetaemg e deputado federal, Vilson Luiz da Silva, a vice-presidente da CTB-MG, Kátia Gaivoto, e as diretoras da nossa Federação, Marina Gomes dos Santos e Regilane Silva Santos Souza, participaram e contribuíram para o bom andamento dos trabalhos.

Para a coordenadora de Mulheres da Fetaemg, Alaide Bagetto, a defesa da democracia, o combate às notícias falsas e a defesa das bandeiras de luta da Mulheres ganham novas ferramentas para o trabalho. “Temos utilizar as novas tecnologias ao nosso favor, em prol da atividade de produção da Agricultura Familiar e o que mais as mulheres acharem pertinentes compartilhar em suas regiões,” pontuou a coordenadora Alaide.

Confira nos links a seguir o resultado do conhecimento obtido, são dois podcasts desenvolvidos durante o treinamento.
Podcast 01: Sou Mulher e Posso
https://radioquintalfm.com.br/2021/09/26/sou-mulher-e-posso-001
Podcast 02: Margaridas em Ação
https://radioquintalfm.com.br/2021/09/26/margaridas-em-acao-001
Trabalharas Rurais que lutam!
0
0
0
s2sdefault
MARCHA

Comissão Nacional de Mulheres e Organizações parceiras avaliam a Marcha das Margaridas

A Comissão Nacional de Mulheres e Organizações Parceiras da Marcha das Margaridas 2019 avaliam em Brasília, de hoje a sexta-feira, os resultados do maior evento organizado por mulheres do campo, da floresta e das águas da América Latina.

A coordenadora estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Minas Gerais, Alaide Bageto, agradece o extraordinário empenho das mineiras, que com grande dedicação, lotaram aproximadamente 80 ônibus rumo a Brasília.

Mulheres de luta!

0
0
0
s2sdefault