Alto Rio Doce

OFICINAS 9 B

Fetaemg e Contag realizam 2ª etapa das Oficinas de Base com as regiões do Alto Jequitinhonha e Alto Rio Doce

Fetaemg e CONTAG realizam de 30 de maio a 01 de junho a 2ª etapa das Oficinas de Base – Planejando Ações para o Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário. O evento tem por objetivo o fortalecimento da estrutura do movimento sindical, bem como buscar meios de ouvir e interagir com as bases sindicais regionais e dar continuidade ao trabalho iniciado antes da pandemia.

A iniciativa visa ainda a construção de compromissos comuns que fortaleçam a ação e prática sindical e todo o Sistema Confederativo (Sindicatos, Federação e CONTAG), o que favorece a ampliação do compromisso comum que fortaleça a Agricultura Familiar, fomente o protagonismo e contribuam para a sustentabilidade da estrutura sindical.

Evandro Morello, que juntamente com o Secretário de Finanças e Administração, Juracir Souto e os assessores Marcos Pereira e Lorena Freitas, representou a nossa Confederação, destacou a necessidade de ações bem definidas para uma atuação sistemática em prol da sustentabilidade político-financeira do Sistema Confederativo.

As diretoras da nossa Federação, Dênia Cristina Miranda Figueiredo (Alto Rio Doce) e Marina Gomes dos Santos (Alto Jequitinhonha), mobilizaram os participantes e juntamente com os demais diretores (as) da Fetaemg contribuíram para as exposições e o sucesso dos trabalhos.

Lutar e resistir!

0
0
0
s2sdefault
APAGA 1

Sindicatos do Alto Rio Doce debatem transformações futuras na sociedade e o fortalecimento do Movimento Sindical

Os STTRs do Alto Rio Doce têm promovido encontros e debates para tratar os novos desafios a serem enfrentados a partir de 2019. Não apenas a Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional e a Reforma Trabalhista, que já é uma dura realidade para os homens e mulheres, do campo e cidade, mas toda uma nova composição que se desenha para o próximo ano.

Na última semana, durante a Assembleia de Prestação de contas do STTR de Peçanha, com a presença do seu presidente, Sadi Elias e do diretor do polo local da Fetaemg, José Osvaldo, além das questões administrativas, os presentes debateram como compor uma força de oposição para manter a luta que por tantas e tantas vezes foi destaque em Minas Gerais e em Brasília, em nome dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. “O sindicato é uma arma de luta da nossa classe e é racional que trabalhemos para o seu fortalecimento”, pontuou Sadi.

Durante a reunião mensal no STTR de Virginópolis, conduzido pelo seu presidente, Amilton Santos de Souza, além das questões administrativas e técnicas relacionadas ao dia a dia dos trabalhares (as), palestras sobre temas diversos, para além da composição sindical, aconteceram e os presentes debateram ainda a necessidade de se arrumar a casa dentro do Movimento, a questão da Educação para os jovens da localidade e a relevância de se variar as alternativas de obtenção de renda.

Essa luta é de todos nós!

0
0
0
s2sdefault
IMG 20180409 WA0048

Trabalhadores e trabalhadoras participam de assembleia em Virginópolis

No dia 8 de abril foi realizada no Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Virginópolis uma grande assembleia, onde foi aprovada por unanimidade a continuação da contribuição sindical. Na ocasião, o assessor José Lacerda representou a Fetaemg e falou com os presentes sobre a importância da contribuição sindical para o fortalecimento dos sindicatos. 

 

0
0
0
s2sdefault