Comissão Estadual de Jovens Trabalhadores(as) Rurais

Comissão Estadual de Jovens é composta por uma coordenação efetiva e um suplente. Nos Pólos Regionais da FETAEMG a Comissão tem uma Coordenação Regional e suplentes. Nos âmbito municipal ou microrregional os jovens possuem nos Sindicatos de Trabalhadores Rurais uma coordenação local.

Entre as principais atribuições da Comissão

Estadual de Jovens estão:

  • propor ao Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – MSTTR a definição e construção de políticas e estratégias para estimular a integração dos jovens no movimento sindical;
  • apresentar reivindicações para criar e fortalecer as políticas públicas que atendam suas especificidades, características, necessidades e potencialidades, especialmente na promoção de direitos humanos e políticas afirmativas, na ampliação do acesso e permanência na escola de qualidade e com didática própria ao meio rural, na preparação do jovem para o mundo do trabalho, na promoção de uma vida saudável, propiciando e democratizando o acesso ao esporte, lazer, cultura e tecnologia da informação, além de estimular a participação social e cidadania;
  • promover a articulação da FETAEMG com outras entidades da sociedade civil e na criação e implementação de instrumentos de consulta e participação popular, criação e fortalecimento de órgãos de controle social;
  • buscar novos mecanismos que ampliem a participação do jovem no MSTTR  e nos espaços democráticos de formação;
  • potencializar a disposição da juventude rural para debater com seu próprio referencial e buscar alternativas para os desafios relativos à educação, cultura, sexualidade, trabalho, dentre outros;

CEJR trabalha ainda em parceria com o Senar Minas na realização d

e Oficinas de Saúde na Infância e na Adolescência, além de oficinas de Saúde Reprodutiva.

A realização do Festival Estadual da Juventude Rural é também uma importante atuação da Comissão Estadual da Juventude Rural que tem como objetivo discutir e avaliar as políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural sustentável, sucessão rural, esporte, cultura e lazer.

Programa Jovem Saber também faz parte da atuação da Comissão, cujo objetivo é trabalhar a formação cidadã e profissionalizante dos jovens, por meio de curso à distância, dividido em seis módulos com conteúdos sobre desenvolvimento rural sustentável, organização da produção, saúde reprodutiva, agricultura familiar e reforma agrária, gestão e organização sindical e educação no campo.

Conheça o Programa Jovem Saber