Fetaemg lança Sistema de Rastreabilidade Agriminas – Do agricultor(a) familiar ao consumidor final

RASTREABILIDADE 1

A Fetaemg deu o pontapé inicial e se reuniu, por videoconferência, nessa quarta-feira (03) com os primeiros sindicatos que aderiram ao sistema de Rastreabilidade AgriMinas – Etiqueta de Origem, recém lançado pela nossa Federação. A iniciativa atende necessidades da legislação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que estabelece um protocolo de rastreabilidade para a cadeia de produtos in natura do segmento de Frutas, Legumes e Verduras (FLV), em vigor desde o dia 7 de agosto de 2018. O prazo para implementação da normativa é gradual.

O sistema agrega valor aos produtos da Agricultura Familiar, uma vez que possibilita que o produtor informe ao mercado consumir e ao comércio em geral, informações que entendem serem relevantes. O produtor poderá disponibilizar fotos de sua produção, contatos para comercialização, informar a forma de produção, etc. Enquanto aqueles que desejam comercializar os referidos produtos, poderão fazer contato diretamente com o homem e a mulher do campo que produzem os alimentos.

“O sistema inova e aperfeiçoa a nossa tradicional luta do Movimento Sindical e da Agricultura Familiar, continuamos cada vez mais fortes como entidade de representação em todos os aspectos políticos, todavia, incrementamos quando propomos opções de atuação adicional a serem prestados pelos nossos sindicatos. Demandas relacionadas a Cartão de Produtor, Pronaf, DAP, emissão de documentos diversos, CCIR, ITR, tributação, esse sistema agora apresentado e etc, passaram a fazer parte da rotina dos sindicados em atendimento às necessidades do nosso povo do campo”, pontuou o diretor de política Agrícola e Cooperativismo da Fetaemg, Marcos Vinícius.

Se você é produtor de citrus, maçã e uva (Frutas); batata (Raízes, Tubérculos e Bulbos); alface e repolho (Hortaliças Folhosas e Ervas Aromáticas Frescas); tomate e pepino (Hortaliças não Folhosas) e tem interesse no sistema de rastreabilidade AgriMinas, procure o Sindicato do seu município, pois nesta primeira etapa o acesso será feito através do sindicato, estes por sua vez poderão fazer o seu credenciamento através do link https://bit.ly/2XVw1xj .

“Estamos falando de um desejo antigo da nossa Federação, uma proposta que sempre teve o meu apoio e verdadeiramente terá utilidade no dia a dia dos trabalhadores e trabalhadoras do campo. Assim como acontece com a AgriMinas, a implementação desse sistema significa a abertura para novos negócios e o aperfeiçoamento do nosso trabalho. A opção do sistema será detalhada aos interessados e assim vamos seguindo, trabalhando em prol da nossa categoria”, exaltou o presidente da Fetaemg e deputado federal, Vilson Luiz da Silva, durante a reunião com os sindicatos.

O sistema desenvolvido pela nossa Federação, sob orientação do departamento de Política Agrícola e Cooperativismo, atende a Agricultura Familiar em todos os requisitos exigidos e permite ainda a reprodução das etiquetas com informações úteis ao consumidor, sejam os produtos in natura ou processado. A identificação dos produtos será por meio de etiquetas impressas, com QR Code e/ou código de barras.

Agricultura Forte!

0
0
0
s2sdefault