Fetaemg discute os desafios e alternativas de organização para ampliação do fornecimento de produtos da Agricultura Familiar

MARCOS 1

Encontro dos Produtores Rurais para Fortalecimento do Cooperativismo da Agricultura Familiar e Agroindústria, realizado nessa quarta-feira (5), pela parceria Fetaemg, sistema Ocemg e a União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes) reuniu representantes de cooperativas que somam mais de 20 mil produtores cooperados que possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Participaram do encontro representantes dos setores da cafeicultura, hortifrutigranjeiros, leite e seus derivados e da piscicultura.

Em suma a ideia é compor uma parceria para que os nossos agricultores familiares possam junto a administração pública oferecer seus produtos as instituições públicas, facilitando o acesso desses agricultores(as) aos editais de compra de alimentos para essas instituições.

Mercado

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é regulamentado por lei federal e permite que órgãos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios comprem alimentos da agricultura familiar por meio de chamadas públicas. Por sua vez o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) é outra oportunidade para os agricultores familiares assumirem o papel de fornecedores, em mais uma frente de comercialização institucional. A legislação determina que 30% do valor repassado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação a estados e municípios para a merenda escolar devem ser utilizados na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar.

Além das escolas os produtos da Agricultura Familiar podem ser comercializados para instituições públicas que fornecem alimentação para hospitais, Forças Armadas, presídios, restaurantes universidades, refeitórios de creches e escolas filantrópicas, dentre outros.

A Fetaemg, de forma continuada, capacita os trabalhadores(as) rurais, assim como a força de trabalho dos sindicatos, para que estes estejam aptos a atenderem as legislações para fornecimento de alimentos e essa atuação já coloca os nosso pessoal de campo como potenciais fornecedores aos mercados.

Para o diretor de Política Agrícola e Cooperativismo da Fetaemg, Marcos Vinícius, o encontro fortalece a ideia da ampliação do fornecimento dos produtos da agricultura familiar mineira a toda administração pública. "Trabalhamos nesse encontro e já temos o compromisso dos representantes das entidades afins encaminhamensotos para criação de um programa de cooperativismo familiar e agroindústria em âmbito estadual, com políticas a ações definidas, o que pode ampliar em muito a abrangência do fornecimento dos produtos da Agricultura Familiar", pontuou Marcos, que esteve no encontro acompanhado pelos assessores da Federação Guilherme G. Teixeira e Camila Lima.

Juntos pela Agricultura Familiar Mineira!

0
0
0
s2sdefault