Luta da Fetaemg força alteração de edital e possibilita que professores da Educação do Campo participem de concurso público

A Fetaemg alcançou mais uma vitória na defesa da educação do campo. Graças a ação da Federação, professores formados em educação do campo agora podem participar do concurso público para o provimento de cargos das carreiras de especialista em educação básica e professor de educação básica em Minas Gerais. A participação destes profissionais só se tornou possível graças à intervenção realizada pela Rede Mineira de Educação, coordenada pela Fetaemg.

A atuação da Fetaemg foi determinante visto que o edital SEE Nº. 07/2017 do concurso não contemplava os habilitados em educação do campo. A Rede então elaborou um ofício que foi entregue ao órgão competente, e a partir daí foi feita a retificação nº 3 do edital, permitindo que estes professores excluídos do processo seletivo pudessem, então, participar do certame.

A Fetaemg entende que esse é uma avanço importante, porém, para que de fato haja reconhecimento e valorização dos profissionais da educação do campo é necessário também que se realize um concurso específico. Neste sentido, após reunião realizada no dia 8 de fevereiro com o subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antônio David de Sousa Junior, ficou encaminhado que em março será instalada uma comissão para tratar o assunto.

Sobre o concurso público:
São ofertadas vagas para provimento de cargos das carreiras de especialista em educação básica e professor de educação básica.
Interessados podem se inscrever pela internet, no site www.fumarc.com.br, entre os dias 26 de fevereiro e 8 de março. Para mais informações, clique aqui e acesse o edital.

 

0
0
0
s2sdefault