Conselho Político da Fetaemg debate conjuntura política, luta, resistência e sustentação do movimento sindical

SITIO
 MG 1953
 MG 1953
 MG 1953

 

Nos dias 22 e 23 de novembro, com a presença de toda diretoria da Fetaemg, no Centro de Estudos Sindicais, em Belo Horizonte, aconteceu uma grande assembleia do Conselho de Representantes da Federação.

Todos os nossos sindicatos atenderam à convocação da Fetaemg, compreendendo a importância de buscarmos a unidade da classe trabalhadora nesse momento conjuntural que vivemos, pois só com unidade e organização iremos superar essa avalanche contra os trabalhadores e trabalhadoras.

O presidente Vilson iniciou o encontro pautando a conjuntura política de nosso país, relembrando os impactos das reformas trabalhista e previdenciária na vida dos trabalhadores e trabalhadoras do campo. “Houve um rompimento com a democracia onde desrespeitou-se o nosso voto, notícias relacionadas à corrupção nas instituições públicas passaram a ser parte do cotidiano, malas de dinheiro se multiplicam, enquanto assistimos ao fechamento de escolas, pessoas morrendo na fila do SUS, uma Segurança Pública precária e o caos na Economia. Com a reforma trabalhista retrocedemos à escravidão, não podemos e não aceitaremos esta situação, falo aqui sobre algo que durante todo ano combatemos juntos e continuaremos esse enfrentamento, fizemos a nossa parte e continuaremos nas ruas no combate nesse primeiro momento a Reforma da Previdência, mobilizações estão previstas e vamos intensificar os trabalhos”, concluiu Vilson.

Esse ano foi um ano de intensas lutas, foram diversos atos e atividades realizadas pela federação: como o grande ato em todo estado, nas 14 gerências no INSS; ato em Brasília convocado pelas centrais sindicais, onde participamos de todos; o abaixo assinado que entregamos a presidência da Câmara Federal, com quase 1 milhão e meio de assinaturas; dezenas de audiências públicas; encontros regionais e estaduais com nossos sindicatos, debatendo a conjuntura política; além de cursos de formação política sindical. Todas essas atividades com claro objetivo de chamar a sociedade para debater as reformas, combatendo assim, a grande mídia que entra todos dias em nossas casas fazendo campanha dizendo que essas reformas são as mil maravilhas do mundo. Enfim, uma série de atividades organizadas pela Fetaemg e com apoio total dos STTRs.

Fechando o ano com muita luta, a Fetaemg convoca a todos e todas para o GRANDE ATO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA e seus impactos. O Ato será na capital mineira, Belo Horizonte, no próximo dia 11 de dezembro/2017. Maiores informações referente à logística e concentração devem ser obtidas nos sindicais e seus respectivos polo regional.

Dando sequência na pauta para a qual o conselho da Fetaemg fora convocado, no segundo dia de debate foi realizada a apresentação da Previsão Orçamentária para o ano de 2018. Na oportunidade foi esclarecido ao conselho a dificuldade que a entidade teve em mensurar tal previsão, considerando o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. Abrindo-se o debate, fora unanime as falas que destacavam a importância de buscar sustentação das entidades sindicais do sistema Fetaemg.

Aberto aos departamentos da Fetaemg darem seus informes de suas diversas atividades em andamento:

Mulheres: a Comissão Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais, trouxe ao debate a construção da 6ª Marcha das Margaridas que será realizada em 2019, na oportunidade a comissão avaliou ser estratégico as margaridas mineiras se somarem na organização e fortalecimento do movimento sindical em direção a luta por mudanças no congresso nacional, com participação ativa nas eleições do próximo ano.     

Juventude: a Comissão Estadual dos Jovens Trabalhadores Rurais reforçaram o sucesso da COPA, atualizaram os dados dos participantes no estado e de como se dará as fases de final. Na oportunidade foi passado um vídeo com alguns depoimentos de jovens participantes, que declararam o que significou a COPA em suas vidas, mostrando que o projeto se demonstra exitoso. A coordenadora da Comissão Estadual de Jovens Trabalhadores Rurais, Marilene Faustino, aproveitou a oportunidade para convidar os presentes a prestigiarem a grande final da Copa de Futebol da Juventude Rural que acontecerá nos dias 02 e 03 de dezembro no SESC, em Venda Nova, Belo Horizonte.

Previdência: sobre o INSS Digital, a Fetaemg realizou 9 encontros regionais para tratar desta temática e seguirá até que todas as regiões sejam envolvidas.   A Fetaemg lembrou que esses encontros objetivam o esclarecimento e reafirmar que essas mudanças devem ser observadas com desconfiança, busca-se a implementação de algo novo, na prática estão sendo transferidas responsabilidades para nós e por mais que algo possa parecer bom, é preciso prudência.

AgriMinas: avaliada por todos e todas como grande feito da federação, será realizada no próximo ano no mês de abril, mês de aniversário dos 50 anos de fundação da Fetaemg, integrando assim, uma de suas várias atividades comemorativas.

Assalariados Rurais: foram realizados 2 grandes Encontros Regionais, nas regiões de maior número de assalariados rurais, sendo Triângulo, Sul de Minas e Noroeste. Destes foram encaminhados a construção de 2 cartilhas, sendo uma para os sindicatos, com o objetivo de municiar de argumentos seus dirigentes, e outra cartilha que será encaminhada por e-mail aos sindicatos, para que os mesmos acrescentem suas respectivas logomarcas, reproduzam para entregar aos trabalhadores na base, para que compreendam o quanto perdem com a reforma e a importância do sindicato na vida do trabalhador rural. Ainda esse ano, no dia 01 de dezembro, será realizado um Encontro Estadual de Advogados, onde serão convidados todos os advogados ligados ao movimento sindical no campo em Minas Gerais, com objetivo de alinhar as ações possibilitando que haja unidade.

O Conselho de Representantes da Fetaemg terminou com clareza e convicção de que o caminho é a unidade da classe trabalhadora. Para isso, se faz necessário a continuidade das agendas itinerantes da federação, buscando o dialogando com o movimento sindical e lideranças no estado, ficando firmado esse compromisso dos dirigentes da Fetaemg. 

0
0
0
s2sdefault